5 de mai de 2012

Azar no jogo sorte no amor?




Será mesmo que é assim, será que eu perdendo no jogo eu terei um amor todo pra mim. Realmente não sei, talvez seja, e se for? Que tal tentar perder em um jogo, será que eu perdendo eu irei te conquistar, você ai tão longe de mim, e eu aqui na solidão, sentido a brisa do frio entrando de baixo do meu cobertor, queria tanto ter você aqui comigo, queria tanto conseguir esse seu amor. Ta bom, desafio aceito, vou entrar no primeiro site de apostas, e apostar todas as minhas fixas, mas e se eu não perder no jogo? Será que estaria arriscando te perder de vez? Mas como assim te perder? Acho que ainda nem sabe que eu existo. Bom mas como aceitei o desafio vamos lá, entrei no jogatina, irei jogar truco, nossa, as minhas cartas estão tão boas, sim estou triste, dessa vez fico triste, pois estarei arriscando, e se for mesmo verdade que ganhando no jogo terei azar no amor? 

Vou trucar, quem sabe a pessoa corra, ou não, mas eu tenho que jogar como deve ser, tenho cartas boas, e não posso deixar que meu parceiro pague por uma duvida minha, aceitaram, ta bem estou jogando ouro, e eu fiz a primeira, agora vou cobrir a carta, é eles fizeram a segunda como deveria ser, a terceira me pediram seis, com certeza aceitarei, vamos lá, eles jogaram copas, mas eu tenho zap, infelizmente eu tenho zap, dessa vez sim é infelizmente, bom vamos para a próxima rodada. Nunca sai com cartas tão boas quanto essa, estou triste, novamente fazemos pontos. E assim o jogo foi indo, fomos levando, é eu e meu parceiro ganhamos, ele está feliz, porém eu não, e se agora realmente eu perdi o amor que não tinha, mas que com certeza faria de tudo pra ter.

Talvez eu esteja ficando louca acreditando nesse tipo de coisa, mas é isso que o amor nos faz, nos deixa louca, nos deixa cega, queria que isso fosse uma faze boa da minha vida, mas não será, eu estou aqui em casa, enquanto ele com certeza está em uma balada qualquer, quem diria eu, em pleno sábado em casa trancada se lamentando. Talvez tenha que ser assim, amar é algo confuso dimais, eu realmente não sei o que devo fazer, chorar não é a solução. Deixarei que o tempo decida o que fazer, pois te amar  não está mais em minhas mãos. Não estou jogando fora um amor sem nem antes tentar. Só estou desistindo de sentir dor, antes que a dor comece a machucar mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário